top of page
  • Foto do escritorAndré Possolli

Tipos de paisagismo para o seu jardim

Encontrar o tipo de paisagismo ideal para o cenário que você dispõe, seu conhecimento sobre o universo de vegetação, o clima da sua cidade e uma variedade de situações e pontos a serem observados são alguns pontos para se levar em conta na hora de começar a investir em um projeto que seja ideal para você. Reunindo uma gama de técnicas de cultivo, a jardinagem urbana explora as possibilidades que são ideais para o seu espaço e se adequam perfeitamente ao seu dia-a-dia.  



Esconder imperfeições da casa com plantas comestíveis, embelezar sua sala com folhagens ornamentais, melhorar a qualidade do ar em quartos ou escritório, banhar de verde sua sacada, primeiro defina qual seu objetivo quando se pensa em adquirir um projeto de paisagismo, assim é possível direcionar de forma assertiva o que se pretende com o resultado final.


Com o objetivo de se ter um projeto definido é o momento de conhecer as opções de jardins existentes para complementar sua casa e tornar seus dias mais harmoniosos com o convívio direto da natureza ao seu redor.


Aquaponia

Uma inovação quando se pensa na cultura de cultivo de plantas em meios urbanos, esse método funciona como uma mini cultura própria de criação de plantas na água. Os tanques de água nessa vertente funcionam como aquários para peixes, que consequentemente fertilizam as culturas de vegetação com suas fezes. Uma ótima solução para quem precisa economizar espaço realizando a junção de dois tipos de criação que se complementam brilhantemente.



Jardins comunitários

Também tendo uma crescente exponencial de busca por quem habita centros urbanos, representam a oportunidade de se ter um jardim caso você não tenha espaço ou seu ambiente não receba luz solar suficiente. Além disso, uma boa chance de conhecer pessoas que pensam como você.  



Hidroponia

Apresentando e estrutura ideal para o cultivo de alfaces e ervas aromáticas, assim como o sistema de aquaponia, são criações realizadas na água e representam uma ótima opção nutritiva e eficiente.



Jardinagem no telhado

Se você tem uma cobertura ou terraço disponíveis já está a meio passo de conseguir um jardim. Funciona como um jardim em container, e você só precisa ficar atento as temperanças climáticas a que vai ficar exposto. Devido a disposição de como a vegetação ficará disposta, longe do solo sem receber o calor do chão, ela fica em uma posição vulnerável. Em um projeto serão trabalhadas soluções visando o seu espaço e como uma planta pode se desenvolver nesse ambiente.



Jardins suspensos

Permeando entre um jardim comum de solo e um jardim em container como mencionado antes, canteiros suspensos são grandes vasos suspensos de 1 a 2 metros do chão, e são mais fáceis de serem regados. Como as plantas não ficam no chão, sua manutenção é um pouco diferente pelo fato de plantas experimentarem o calor e frio de forma diferente.



Jardim de vasos ou jardins containers

Um jardim de container é literalmente um jardim em vasos, uma das grandes vantagens é a praticidade em movimentar e organizar, vasos são portáteis conforme a incidência de luz solar durante o dia para que você possa cultivar da melhor forma e também durante o inverno mantê-las no melhor lugar para que ela não tenha problemas com a mudança de clima.



Jardins verticais

Também conhecido como “paredes verdes” e “paredes vivas”, são projetos muito comuns em ambientes corporativos e recepções, isso não impede que você tenha um para chamar de seu. A beleza no layout vertical preenche ambientes e é possível tornar o sistema auto irrigável.  



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page