top of page
  • Foto do escritorNelson Yokota

Por que ter plantas no Hall de entrada? Descubra 11 espécies ideais

Um espaço de espera, um lugar que conecta a entrada principal de uma casa a um outro espaço, uma recepção em ambientes comerciais ou mesmo um cantinho que representa suas boas vindas a sua família e quem você recebe em casa, o Hall de entrada é o primeiro lugar que que se tem a impressão e se sente a energia em um espaço fechado e por isso deve ser pensado com tanto esmero assim como todos os outros ambientes internos.


planejamento e execução pela Casa Das Plantas

Com foco na praticidade, esses espaços precisam ser aconchegantes e acolhedores, plantas além de trazerem esse toque mais que especial para qualquer ambiente são muito recomendadas por também apresentarem a crença de limpeza e proteção espiritual para um lugar, principalmente se posicionadas na entrada, continue o texto para descobrir 11 espécies que a Casa Das Plantas indica para serem posicionadas no hall de entrada.


Como sempre mencionamos em todos os textos publicados aqui, sempre leve em conta as condições de luminosidade e umidade do local, isto é, qual o clima que predomina na região em que você mora.

Monstera Deliciosa
Dracena Sanderiana

















Para locais que dispõe de luz solar indireta as mais procuradas, tanto por aceitarem essa condição como também por serem belas e convidativas plantas ornamentais, são a Monstera Deliciosa (Costela-de-Adão) e a Dracena Sanderiana (Bambu-da-sorte).


Hedera
Maranta



















As Hederas (Hera) e o gênero das Marantas também se adaptam bem sob uma incidência de meia-sombra, ressaltamos aqui a atenção na hora da frequência da rega. São plantas que apreciam bastante umidade por isso fique atento a umidade regional e o quanto você está realizando esse processo, de 2 a 3 vezes semanais dependendo das condições.


Zamioculcas

Muito populares como plantas de interior devido à sua adaptabilidade nesses ambientes, as Zamioculcas além de serem plantas bem resistentes são de baixa manutenção. A atenção aqui deve ser com o excesso de rega, procure utilizar um substrato que não acumule água e realize bem a drenagem da espécie para que as raízes não apodreçam. A rega deve ser bem espaçada, de 7 a 10 dias entre uma rega e outra.


Dracena trifasciata

Associada a proteção contra energias negativas, a conhecida Dracena trifasciata (Espada-de-São-Jorge) já é uma queridinha tanto como planta de interior como colocada em locais de entrada pela crença popular. É uma espécie que se adapta tanto em áreas internas como externas e de baixa manutenção, o cuidado principal que se deve ter em relação a planta é a proximidade com crianças e animais de estimação. Por ser tóxica é ideal que fique longe do chão e fora desse alcance.


Philodendron martianum

Trazendo um ar de elegância por seu aspecto em qualquer ambiente, o perene Philodendron martianum (Pacová) sempre é uma linda opção para recepcionar e encantar a todos, se recomenda não cortar suas raízes superficiais e preparar seu substrato com terra vegetal e húmus de minhoca para que suas folhagens fiquem sempre bem verdinhas. Também não se esqueça de tirar a poeira de suas vistosas e largas folhas.


Epipremnum pinnatum
Peperomia scandens



















“Eu adoraria ter uma das plantas mencionadas, mas não tenho espaço”. Isso não é um problema, algumas espécies são ótimas como plantas de parede em vasos pendentes. Espécies que são clássicas e nunca saem do ranking da procura popular são a Epipremnum pinnatum (Jiboia) e a Peperomia scandens.


Aglaomena
Sansevieria



















Outra opção para espaços menores é colocar pequenos vasos em aparadores. Aqui se destacam as Aglaomenas e as variadas Sansevieria (Mini-espada-de-São-Jorge). Lembre-se, mesmo que indiretamente toda planta precisa de luz e ventilação, por isso certifique-se de que por mais que o ambiente seja interno essas condições sejam respeitadas para que as plantas cresçam de maneira saudável e aprazem a todos por longos anos.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page