top of page
  • Foto do escritorAndré Possolli

Desvendando Adubos Orgânicos

Adubos são adicionados ao substrato para disponibilizar substâncias essenciais para o desenvolvimento das plantas. São utilizados para o fortalecimento, nutrição, floração e frutificação de espécies. O enfraquecimento de plantas pode estar ligado à algumas causas como luz, água entre outros. Um dos principais motivos é a quantidade e qualidade de nutrientes que está sendo absorvida pela planta. Em plantas que temos dentro de casa é possível identificar os problemas a partir de um olhar atento à sua vegetação disponível.


Os compostos denominados como adubos orgânicos tem sua origem em substâncias naturais, como resíduos de vegetação, esterco e animais. Apresentam atuação mais lenta, pois dependem de agentes bacterianos para sua decomposição, um processo mais longo, porém mais duradouro. Existem também os adubos inorgânicos, em grande escala conhecidos como NPK (nitrogênio N, fósforo P e potássio K). São originados da extração de petróleo e extração mineral e possuem absorção imediata, entretanto esses compostos podem ser encontrados também até mesmo na sua lixeira como na borra de café, cascas de ovos e banana.



Entre algumas vantagens da adubação orgânica está a sustentabilidade e o aspecto financeiro. Além de economizar na compra de produtos prontos, você também diminui a produção de lixo orgânico, impactando diretamente na diminuição de danos ambientais causados pela produção de material inorgânico.


Com um processo de compostagem caseira você pode produzir o seu próprio adubo orgânico, te auxiliando nos processos mencionados, ajudando também na saúde das suas plantas. Geralmente pensadas na construção com minhocas, a “minhocultura” ou “vermicompostagem” é ideal para diversos ambientes, incluindo espaços limitados em apartamentos. Após o processo de decomposição realizado, o adubo deve ter cheiro de terra e ser fofo, sem estar pegajoso. A Casa Das Plantas separou algumas das melhores substâncias para realizar esse processo importante no cultivo de uma vegetação.


Folhas secas



Já foi citada a importância da retirada de folhas secas em artigos anteriores, e você não precisa jogá-las fora. Assim como na natureza, o reaproveitamento é muito benéfico, torna o solo mais fértil e leve, além de proteger as plantas contra espécies invasoras. Você pode apenas colocá-las sobre o solo ou também misturá-las no composto.


Leite





Componente importante para a saúde das plantas, o cálcio atua na estrutura celular, na germinação dos grãos de pólen e no combate aos fungos. Quando for lavar uma embalagem de leite para jogar fora, aproveite essa água da lavagem para utilizar na rega das plantas e na mistura do composto orgânico.


Água de Batata





Essa água é extremamente rica em nutrientes e também pode ser utilizada para borrifação nas folhagens.


Cascas de banana



Rica em sódio, potássio, cálcio e fósforo, atua como um ótimo fertilizante nas plantas. Utilize-as secas, triture e use o pó no solo ou em mistura de compostos orgânicos.


Borra de Café



Ótimo combatente contra fungos, formigas e outros organismos que podem ser prejudiciais para as plantas, a borra de café também é rica em nitrogênio e é uma ótima aliada das vegetações.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

תגובות


bottom of page